• Noemi Bellio

Qual é o propósito da insistência?




Qual é o propósito do ser humano, na insistência em mostrar ao mundo através das mídias sociais uma felicidade que não é real?


Porque se torna necessário mostrar aos outros que se é feliz quando na realidade interior o sofrimento é sobrenatural de tão cortante?




Já parou para se perguntar o que deveria fazer para demostrar ao semelhante, amor, carinho, paixão sem ter a necessidade de publicar seus sentimentos?

Se pudéssemos entender o que leva o ser humano a expor sentimentos que estão utopicamente transitando nos pensamentos, ao invés de fazer declarações de amor ao vivo, olho no olho, assim como explicar o que lhe incomoda também olho no olho; se a prática destes movimentos fosse constante como são constantes as publicações, tudo seria mais leve e as relações seriam verdadeiras, claras e sem subterfúgios.


Mas não é o que ocorre. Cada um em um canto, fica tentando adivinhar o que o outro está pensando e acaba ficando triste na maior parte do tempo, pois o outro não está atendendo as expectativas que se criam em uma mente que não pensa no outro e sim em suas próprias carências.

Faz-se necessário o crescimento, o sair do mundo da Disney onde todas as princesas e príncipes sofrem por amor para no final da história serem felizes para sempre. Não se iluda e, desculpem a franqueza, não existe o estar feliz 24 horas por dia, se existisse seria muito monótono, não teria evolução e os seres humanos seriam como robôs em uma linha de produção ou como em uma propaganda da margarina.


“Só existe a felicidade porque ela não é contínua” (Mario Sergio Cortella)


Cresça, apareça para você mesmo, perdoe seus erros, tente de novo para acertar, tente mais uma vez, mas faça-o de forma que possa amanhã dizer para você mesmo: tentei de tudo para ser melhor para mim mesmo e para os outros, sem que haja expectativas e sem querer dogmatizar o meu amor para que o outro me ame como eu quero, mas sim como ele consegue me amar. Procure sempre ser mais flexível, menos egoísta e pratique sempre a compaixão.

Não exponha ao público notícias FAKE sobre seus sentimentos, isto pode ser prejudicial a sua saúde física.

10 visualizações

©  2017  Agapanto Espaço Alquímico. Todos os direitos reservados. Política de privacidade.

Tel: 011 3457 9548    E-mail: contato@agapantoalquimia.com.br

Rua Arciprestes de Andrade, 727 - Cj 76 - Ipiranga - São Paulo

criação: Ricardo Barbosa